Jornal do Commercio
Notícia
DESASTRE AMBIENTAL

Manchas de óleo avançam em Pernambuco e chegam à praia dos Carneiros, em Tamandaré

Centenas de voluntários estão envolvidos para a limpeza de toda a orla

Publicado em 18/10/2019, às 07h36

O derramamento de óleo reapareceu de forma mais intensa na manhã desta sexta-feira (18) / Foto: Bruno Campos / JC Imagem
O derramamento de óleo reapareceu de forma mais intensa na manhã desta sexta-feira (18)
Foto: Bruno Campos / JC Imagem
JC Online

As manchas de óleo que atingem o litoral do Nordeste chegaram, também, a praia dos Carneiros, situada no município de Tamandaré, nesta sexta-feira (18). Civis observaram a presença do óleo por volta das 5h. A informação foi confirmada pelo Secretário de Meio Ambiente da cidade, Manuel Pedrosa.

O derramamento de óleo já havia sido registrado na região através de vestígios, mas reapareceu de forma mais intensa na manhã desta sexta-feira (18). O volume retirado do mar e a quantidade de voluntários envolvidos no processo ainda é desconhecido.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Meio Ambiente da cidade, desde o dia em que se noticiou o derramamento de óleo nas praias do Nordeste, a Prefeitura de Tamandaré iniciou o processo de atenção. Há aproximadamente uma semana foi criado um gabinete de crise e os materiais necessários para as primeiras providências foram providenciados antecipadamente.

Centenas de voluntários estão envolvidos para a limpeza de toda a orla, a maioria concentrada em Carneiros. Alguns restaurantes fecharam suas portas para empenharem todos os esforços à limpeza da praia.

O CEPENE, UFPE e Instituto Recifes Costeiros estão com embarcações monitorando o mar. Uma colônia de pesca mobilizou os barcos para lançar ao mar a partir deste sábado (19) para monitoramentos intensivo à pelo menos 2 a 5 milhas da costa. Foi montado, ainda, um posto de monitoramento aéreo em Carneiros, e mais um posto no farol do Forte de Tamandaré. Voluntários se alistaram previamente para se juntarem no local de concentração a ser divulgado em caso de alarme.




Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

>>> Veja o que se sabe sobre as manchas de óleo em Pernambuco

Estado de emergência

Em menos de 24 horas após o reaparecimento de manchas de óleo nas praias de São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco, a prefeitura do município decretou, na noite desta quinta-feira (17), estado de emergência na região. Lembrando que no dia 25 de setembro, os moradores já haviam encontrados fragmentos de óleo nas praias.

Contenção 

Para conter o avanço de petróleo em Pernambuco, a Marinha, a Petrobras e a Transpetro disponibilizaram barreiras de contenção e de absorção, além de mantas absorventes. A medida foi tomada após reunião realizada nesta quinta-feira (17) na sede da Capitania dos Portos, localizada na área central do Recife.

A Prefeitura de São José da Coroa Grande também está atuando no combate ao petróleo. Serão disponibilizados máquinas e equipamentos para uma possível retirada dos resíduos do barco e posterior transporte dele para um aterro industrial. Além disso, pescadores da região se disponibilizaram a ajudar no monitoramento das praias.

Veja lista de praias já atingidas em Pernambuco*

Boa Viagem - Recife - oleada/vestígios esparsos

•Praia Del Chifre - Olinda - oleada/vestígios esparsos

•Candeias - Jaboatão dos Guararapes - oleada/vestígios esparsos

•Piedade - Jaboatão dos Guararapes - oleada/vestígios esparsos

•Praias de Gamboa - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Praia de Nossa Senhora do Ó - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Porto de Galinhas - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos*

•Cupe - Ipojuca - oleada

•Maracaípe - Ipojuca - oleada

•Serrambi - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Enseadinha - Ipojuca - oleada/vestígios esparsos

•Muro Alto - Ipojuca - oleada

•Pau Amarelo - Paulista - oleada/vestígios esparsos*

•Conceição - Paulista - oleada/vestígios esparsos

•Carneiros - Tamandaré - oleada

•Tamandaré - Tamandaré - oleada

•Ilha Cocaia - Cabo de Santo Agostinho - oleada/vestígios esparsos*

•Praia do Paiva - Cabo de Santo Agostinho - oleada/vestígios esparsos*

•Praia do Forte Orange - Ilha de Itamaracá - oleada/vestígios esparsos*

•Catuama - Goiana - oleada/vestígios esparsos*

•Ponta de Pedras - Goiana - oleada/vestígios esparsos*

•São José da Coroa Grande - oleada

•Praia de Suape/Cabo de Santo Agostinho - oleada

•Praia de Itapuama/Cabo de Santo Agostinho - oleada

•Calhetas/Cabo de Santo Agostinho - oleada

•Gaibu/Cabo de Santo Agostinho - oleada

*Apesar de afetadas, atualmente não há registro do material nestas praias. Fonte: Ibama e Secretaria de Meio Ambiente de Pernambuco e prefeituras

Opinião: Para especialista, desastre das manchas de óleo expõe falta de fiscalização na costa brasileira.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM